Hospital EquipaCampanhasContatos
« voltar

Centro de Reabilitação / Fisioterapia  

Fisioterapia Veterinária

Bem estabelecida na medicina humana, a fisioterapia começa agora a tornar-se num recurso terapêutico cada vez mais importante na profissão veterinária e uma mais valia para a recuperação ótima dos nossos pacientes.

Tendo começado a ser aplicada nos pequenos animais no final do século passado, a fisioterapia aplicada em cães e gatos pretende melhorar a reabilitação pós-operatória, aliviar a dor e preservar a função dos músculos, nervos e articulações, contribuindo assim para melhorar e prolongar a qualidade de vida dos animais.

Os principais objetivos são assim eliminar a causa de disfunção, melhorar os sinais clínicos e aliviar a dor que pode interferir no bem-estar do animal, provocando imunossupressão, inapetência e caquexia e levar ao uso reduzido ou desuso dos membros. Ajuda também a reduzir a inflamação, prevenir ou minimizar atrofias dos músculos, cartilagens, ossos, tendões e ligamentos e por último ajuda ainda na melhoria da função cardiovascular.

Quais são os benefícios da fisioterapia?

  • Melhorar a função e qualidade dos movimentos;
  • Redução da dor, inchaço e complicações;
  • Diminuição do tempo de recuperação;
  • Aumento da força e amplitude de movimentos;
  • Métodos não-invasivos;
  • Possíveis custos reduzidos para o proprietário (alternativa a outros tratamentos médicos ou cirúrgicos; menor tempo de internamento, menor incidência de problemas a longo prazo);
  • Prevenção de outras lesões;
  • Decréscimo do uso de AINE´S (anti-inflamatórios não esteroides);
  • Plano personalizado para cada paciente.


Quais são os casos para aplicação da fisioterapia?

  • Recuperação pós-cirúrgica: ortopédica e neurológica;
  • Lesões musculoesqueléticas (tendinites, bursites, hipomotilidade, fraqueza muscular) e lesões articulares (contraturas, artrite);
  • Doença discal, paresia;
  • Anormalidades da postura (claudicação; assimetria), perda de peso e sua manutenção;
  • Maneio da dor;
  • Problemas de circulação e edema, cicatrização de feridas;
  • Problemas de performance no cão de utilidade e desporto (agility, busca e salvamento, pistagem, entre outros);
  • Complicações cardiorrespiratórias;
  • Animais geriátricos numa primeira fase é feita uma identificação completa do animal (raça, idade, peso, estilo de vida) e é feita a recolha do máximo de informação disponível sobre o mesmo.


Segue-se então um exame subjetivo onde é considerado o diagnóstico médico, a queixa principal e duração da sintomatologia, bem como a história de doença pregressa e a história de doença atual.

O exame objetivo é então realizado dividindo-se numa inspeção dinâmica (movimentos, deambulação, compensações) e estática (assimetrias, diferenças de volume, deformidades, descolorações, feridas). Finalmente é feito um exame físico que compreende a palpação dos vários tecidos e eventual medição dos animais (perímetro, amplitude).

Após esta primeira fase chega-se então a um diagnóstico terapêutico estabelecendo-se um plano de tratamento (com os respectivos recursos a utilizar e o tempo de utilização de cada um) com os objetivos a alcançar.


Recursos Fisioterapêuticos

A variedade de modalidades fisioterapêuticas possibilita que se possa orientar o tratamento de modo a escolher o mais adequado para a condição de cada paciente e proprietário, em associação também com o eventual tratamento médico ou cirúrgico, de forma a garantir um cuidado optimizado para cada caso.

Mesmo que não se disponha de muito equipamento para a realização da terapia, é importante salientar que mesmo uma intervenção mínima pode acelerar a reabilitação e/ou melhorar o maneio da dor, pelo que vale sempre a pena integrar a fisioterapia nos protocolos de tratamento.

Como se verá mais à frente, alguns dos recursos existentes são facilmente realizáveis e pouco dispendiosos podendo fazer a diferença na recuperação do paciente. Existem outros recursos que não serão aqui descritos por não serem tão frequentemente utilizados como a terapia com laser e ultrassons.




« voltar


A SAÚDE DO SEU ANIMAL É A NOSSA VIDA

Termos, Condições Gerais e Privacidade

Marcação de Consultas/Exames

Envio de Candidaturas

Up
GHVS Hospital Veterinário
Rua General Humberto Delgado, 81 Vale Figueira
2815-848 SOBREDA
PORTUGAL
Tel.: +351 212 765 101
E-mail: apoioaocliente@ghvs.pt
Powered by OTUOC